sábado, 21 de julho de 2012

Israel construirá TAV entre Tel Aviv e Beersheba

17/07/2012 - Railway Technology

Israel aprovou os planos de construção de uma nova via ferroviária de alta velocidade conectando Tel Aviv, na costa do Mediterrâneo,à cidade de Beersheba, ao Sul do deserto de Negev. Quando concluída, a nova via deverá reduzir os tempos de viagem entre as duas cidades de 76 para 55 minutos.

A aprovação é parte de um projeto multibilionário, em dólares, para a melhoria da infraestrutura de transportes de Israel, destinado a consolidar a cidade de Tel Aviv como um polo econômico e cultural, o qual poderá ser acessado a partir de todas as principais áreas metropolitanas em tempos de 30 a 40 minutos por volta de 2020.

Israel também abriu uma nova via ferroviária conectando Tel Aviv com a região Sul da cidade de Kiryat Gat, que reduzirá os tempos de viagem para 32 minutos entre as duas localidades.

Atualmente, Israel não conta com nenhum serviço de trens em alta velocidade, embora a Israel Railways esteja construindo uma via de alta velocidade entre Jerusalém e Tel Aviv, com previsão de início de operação em 2017 e redução nos tempos de viagem de 95 minutos para um pouco mais de meia hora entre as duas cidades.

A via férrea se conectará à linha existente que liga Beersheba a Dimona e oferecerá oito novas estações, incluindo uma no futuro aeroporto em Timna. Em fevereiro de 2012, o governo de Israel aprovou a construção da via ferroviária de 350 km entre Tel Aviv e Eilat, destinada a oferecer uma nova rota de comércio entre Ásia e Europa para concorrer com o Canal de Suez.

De acordo com as estimativas iniciais, o projeto custará NIS 7 bilhões (US$ 1,8 bilhão) para a instalação dos trilhos e poderá alcançar algo em torno de NIS 30 bilhões (US$ 7,9 bilhões) computando os custos de material rodante, duplicação da via férrea, eletrificação e equipamentos periféricos.

O projeto ferroviário de Eilat envolve a construção de uma via férrea de 240 km ligando Dimona a Eilat e terá 63 pontes e cinco túneis, incluindo um extenso túnel que conecta o platô de Negev ao Vale Arava.

A linha terá duas vias, uma para o transporte de passageiros e outra para cargas, e a previsão de conclusão da construção é de cinco anos após a data de início.

Nenhum comentário:

Postar um comentário