domingo, 28 de outubro de 2012

Hoje na História: 1904 - Nova York inaugura sua primeira linha de metrô

27/10/2012 - Opera Mundi

Atualmente, sistema metroviário da cidade é o maior do mundo

Às 14h35 do dia 27 de outubro de 1904, o então prefeito da cidade de Nova York, George McClellan, assume os controles do à época inovador "sistema de trânsito rápido", o metrô subterrâneo. Londres orgulhava-se de possuir a mais antiga rede de transporte metroviário (inaugurada em 1863) e Boston já havia construído sua primeira linha em 1897. Mas nenhuma ultrapassaria a extensão da de Nova York.

Clique aqui e confira o vídeo:

A primeira linha, operada pela IRT (Interborough Rapid Transit Company), estendeu-se por cerca de 15 quilômetros, percorrendo 28 estações. Partia da City Hall na baixa Manhattan e seguia para o Grande Terminal Ferroviário Central. De lá, dirigia-se sentido oeste, ao longo da rua 42, rumo ao Times Square. A linha então termina, desviando-se para a direção norte, desembocando na Broadway e no Harlem.

No dia da inauguração, o prefeito McClellan colocou em prática sua formação como engenheiro para assumir os controles do trem até a rua 103. Às 19h daquela tarde, o transporte subterrâneo abriu suas portas para o grande público. Mais de 100 mil pessoas pagaram um níquel cada uma para fazer sua primeira viagem debaixo de Manhattan.

Os serviços da IRT expandiram-se para o Bronx em 1905, ao Brooklyn em 1908 e ao Queens em 1915. Desde 1968, o metrô local vem sendo administrado pela MTA (Metropolitan Transport Authority). O sistema agora tem 26 linhas e 468 estações em operação. A linha mais longa, o Trem Expresso 8ª Avenida A, estende-se por mais de 52 quilômetros, do ponto mais ao norte de Manhattan até o extremo de Queens, região sudeste.

Todos os dias, cerca de 4,5 milhões de passageiros usam o metrô de Nova York. Com exceção do trem que conecta Nova York com Nova Jersey e algumas partes do sistema de trens elevados de Chicago, o metrô de Nova York é o único sistema de trânsito rápido do mundo que funciona 24 horas por dia, sete dias por semana. Não importa quão lotado ou sujo seja, o metro é uma das poucas instituições novaiorquinas que seus moradores, ou turistas, não podem dispensar.

O jornal The New York Times descreveu a excitação dos habitantes da cidade na ocasião da seguinte forma: "pela primeira vez em sua vida, o padre Knickerbocker viajou ontem no trem subterrâneo. Ele e seus filhos em número de 150 mil, em meio ao alarido de assobios e fogos de artifício, para uma primeira viagem num trem que corre debaixo da terra e que por anos foi ridicularizado como uma impossibilidade".

O primeiro sistema ferroviário subterrâneo, o Metropolitan Railway, foi inaugurado em Londres em 1863. Os trens se moviam a vapor, o que causava graves problemas nos túneis. Contudo, o sistema caiu no gosto popular. Em 1890, foi paulatinamente introduzido o sistema de trens elétricos, o que fez do tráfego subterrâneo algo mais prático, seguro e saudável.

Embora o primeiro metrô dos Estados Unidos tenha sido implantado em Boston, em 1897, Nova York tornou-se finalmente a cidade norte-americana mais associada ao transporte subterrâneo. Após ganhar licitações municipais em 1913, a IRT e sua rival BRT (Brooklyn Rapid Transit) incrementaram substancialmente o número de linhas, consideradas modernas até os dias atuais.

Fonte: Opera Mundi

Nenhum comentário:

Postar um comentário