domingo, 6 de janeiro de 2013

Mação testa rede de transportes públicos a pedido

03/01/2013 - Menos um Carro

Mação, no distrito de Santarém, vai testar durante este mês um projecto-piloto de transportes públicos "à medida e a pedido", que poderá depois ser estendido ao resto da região. O objevtivo é facilitar a vida de quem vive em locais onde há poucos meios de transporte à disposição.
De acordo com o vice-presidente da Câmara de Mação, Vasco Estrela, as viaturas, para já distribuídas por quatro circuitos, só efectuam os percursos se o serviço tiver sido solicitado antecipadamente pelos utentes, parando somente nos locais onde existam reservas.
Este modelo, que terá uma central de reservas, funcionará em paralelo com a rede de transportes públicos regular, acrescentou o autarca.
Trata-se de um "projecto-piloto para seis meses e que acreditamos ser muito interessante, essencialmente para territórios de baixa densidade populacional e com défice de cobertura de transportes públicos", disse Vasco Estrela.
O novo modelo é "um serviço público que se presta, à medida, a pedido e de forma mais cómoda e mais económica para o utente e para a empresa operadora", notou Vasco Estrela, esclarecendo que os quatro circuitos predefinidos ligarão as freguesias mais rurais à sede do concelho.
"Mais tarde", continuou, "o circuito poderá ser `afinado` e incluir, a partir de Mação, as ligações a outras cidades e localidades do Médio Tejo", integrando no novo serviço intermunicipal que sirva os concelhos limítrofes.
O serviço intermunicipal de transportes públicos prevê a ligação entre os três hospitais do Centro Hospitalar do Médio Tejo – Tomar, Torres Novas e Abrantes – e os centros de saúde, ligação à estação do Entroncamento e entre as sedes de concelho dos 11 municípios do Médio Tejo, bem como a criação de um serviço a pedido, a ser testado em Mação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário