quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Metrô de Pequim celebra 42 anos de operação

15/01/2013 - CRI

O sistema de metrô de Beijing entrou em seu 42º ano de operação nesta terça-feira, celebrando quatro décadas de expansão que o tornaram o segundo metrô mais extenso do mundo.

O sistema de metrô de Beijing deve transportar aproximadamente 10 milhões de passageiros diariamente em 2013, ultrapassando o metrô de Moscou, o mais movimentado do mundo, que leva 9 milhões de passageiros por dia, de acordo com o departamento de transporte de Beijing.

Construído nos anos 1960, o primeiro trecho do metrô de Beijing foi usado inicialmente para defesa nacional. A linha de metrô começou a receber passageiros civis em 15 de janeiro de 1971.

O sistema tem atualmente 16 linhas que transportam 8,7 milhões de passageiros por dia. A recente abertura de quatro novas linhas elevou a extensão total para 442 quilômetros.

Jia Peng, porta-voz da Companhia de Operação do Metrô de Beijing, disse que a expansão da rede exigiu um sistema de horários melhor, manutenção regular dos equipamentos e treinamento reforçado de funcionários.

A velocidade e a densidade da construção do metrô não têm paralelos na história, indicou Hao Weiya, vice-gerente-geral da Beijing Infrastructure Investment Co. Ltd.

As linhas de metrô de Beijing superarão 700 quilômetros em 2015, segundo Hao, acrescentando que o investimento para construí-las somará 500 bilhões de yuans.

O sistema de trânsito urbano da China entrou em um período de rápido desenvolvimento, afirmou Gao Yucai, diretor da Comissão de Transporte Ferroviário Urbano, subordinada à Associação Chinesa de Comunicações e Transporte.

Quarenta cidades chinesas terão linhas de metrô até 2020, com uma extensão combinada de mais de 7 mil quilômetros, de acordo com Gao.

Embora o desenvolvimento do trânsito metroviário tenha trazido grande conveniência para os cidadãos, acidentes ocorridos nos últimos anos advertiram que a segurança e a manutenção devem ser reforçadas.

Um menino morreu e outras 30 pessoas ficaram feridas quando uma escada rolante quebrou em uma estação da Linha 4 do metrô de Beijing em julho de 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário