sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

SNCF aprova plano de investimentos de 2,6 bilhões de euros

15/01/2013 - Via Libre

A Sociedade Nacional das Ferrovias Francesas (SNCF) aprovou um plano de investimentos no valor total de 2,6 bilhões de euros, que serão usados para melhorar e desenvolver os serviços de passageiros e que inclui novos trens, reformas nas estações e melhorias nos serviços a bordo.

Em relação ao material rodante, em 2013, serão entregues 15 novas composições de alta velocidade, e 30 outras receberão novos equipamentos internos. Esses 45 trens representam um décimo do parque de unidades TGV da SNCF.

Essas unidades novas e reformadas fazem parte do programa de renovação e aquisição de trens, cujo valor total é estimado em 540 milhões de euros, que proporcionarão mais conforto aos viajantes, com tomadas na segunda classe e melhor acessibilidade.

Intermunicipais e regionais

Para os serviços intermunicipais, 100 milhões de euros foram destinados para investimentos. Em 2013, 15 trens serão reformados e, entre outras melhorias de conforto, terão tomadas instaladas na primeira e na segunda classe, além de ter a parte interna modernizada.

Paralelamente a isso, as regiões francesas adquiriram 350 novos trens das plataformas Régiolis e Regio 2N e trens elétricos para responder ao aumento da demanda por transporte regional. Em 2013, serão entregues dez trens elétricos, 38 Régiolis e os primeiros Regio 2N.

Na região de Paris, a rede Transilien receberá investimentos da SNCF, do sindicato de transportes STIF e da própria região no valor de 574 milhões de euros, dos quais 270 milhões permitirão a compra de 32 trens Francilien e outros 120 milhões serão destinados para a modernização de 40 composições.

Estações

O valor dos investimentos previstos pela Gares & Connexions (a divisão de estações da SNCF) para a renovação de terminais será de 309 milhões de euros. Em 2013, serão renovadas as estações de Tolón, Paris-Austerlitz, Paris-Lyon, Lille Europa, Orléans, Tours, Montpellier, Amiens, Avignon, Besançon-Viotte e Dijon.

Desenvolvimento de serviços

Por último, o plano de investimentos inclui melhorias para os serviços a bordo. Assim, a partir do mês de janeiro, será implantado um serviço de restauração móvel nos TGV Paris-Lille.

Além disso, o serviço de "Limpeza a bordo", criado e muito valorizado pelos viajantes em 2012, será ampliado em 2013 para 20 destinos, e o bilhete no telefone celular estará disponível para mais de mil destinos nacionais e internacionais.

Da mesma forma, os centros de serviço e postos comerciais das estações mudarão seu modelo, inspirados no centro de negócios da estação de Bordeaux Saint Jean, da incubadora de empresas de Castres ou das lojas de Annecy e Châtellerault.

Nenhum comentário:

Postar um comentário