segunda-feira, 1 de abril de 2013

Metro de Pequim com 10,27 milhões de passageiros por dia

31/03/2013 - http://economico.sapo.pt/

Metropolitano de Pequim, com quatro novas linhas desde o início do ano, é agora o mais movimentado do mundo, à frente de Moscovo.

Por Márcia Galrão

Dois meses depois de ter inaugurado quatro novas linhas, totalizando agora 16, o metropolitano de Pequim converteu-se no mais movimentado do mundo com mais de 10,27 milhões de passageiros num só dia.

Dados da imprensa chinesa referem que a infraestrutura da capital ultrapassa assim o tráfego de Moscovo, que registou uma utilização diária máxima de 10 milhões de pessoas.

"Provavelmente este ano vamos ver este número diário de viagens com frequência", disse o director do Centro de Controlo do Tráfego de Pequim, Zhan Minghui, citado pelo portal chinês China.org.

Segundo os dados oficiais, o metropolitano de Pequim regista uma maior utilização entre Julho e Setembro.

Em 2002, a rede de metro contabilizava apenas 1,32 milhões de viagens diariamente, número que subiu até aos 8 milhões em 2012.

As horas de ponta e as novas linhas registam uma grande afluência sendo contabilizado, nesse tempo, cerca de 40 % do volume de passageiros.

As autoridades da capital vão aumentar gradualmente o número de composições nos comboios e reduzir o tempo entre cada comboio, ao mesmo tempo que limitam o acesso ao metropolitano em 43 estações.

O aumento da população na capital chinesa tem contribuído para uma cada vez maior utilização do metropolitano de Pequim, cidade que registava 20,69 milhões de pessoas, ou mais 2,5 %, no final de 2012.

Actualmente, as 16 linhas de metropolitano de Pequim percorrem 442 quilómetros - em 2002 eram apenas 56 quilómetros - e o número de estações passou a ser de 261, 36 das quais de interligação com outras linhas ou outros meios de transporte.

Até ao final de 2015, o metro da capital chinesa deverá ter 19 linhas que se prolongam por 561 quilómetros e, em 2020, atingirá os mil quilómetros de operacionalidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário