sexta-feira, 17 de abril de 2015

Trem japonês Maglev bate recorde mundial de velocidade

17/04/2015 - Agência EFE

Um trem japonês de levitação magnética atingiu nesta quinta-feira 590 km/h em um percurso de provas, o que marca um novo recorde mundial de velocidade para este tipo de veículos, anunciou a companhia ferroviária JR Central.

A empresa japonesa bateu assim a até agora velocidade máxima registrada por um trem com motorista, de 581 km/h, conseguida por outro de seus trens Maglev (magnetic levitation) em dezembro de 2003.

A JR Central estabeleceu este recorde com um novo modelo Maglev em sua linha de testes situada em Yamanashi (centro), segundo explicou em comunicado.

Seu último modelo de Maglev percorreu mais de um milhão de quilômetros em sua atual fase de testes, segundo detalhou a companhia, que prevê abrir em 2027 a primeira linha operada por um trem de levitação magnética neste país.

Esta linha de superalta velocidade ligará as cidades de Tóquio e Nagoia, contará com seis estações e começou a ser construída em outubro do ano passado após receber o sinal verde do Executivo japonês.

O Maglev será capaz de percorrer este trajeto de 286 quilômetros em cerca de 40 minutos, em vez dos 88 atuais que demora o serviço de alta velocidade Shinkansen (trem bala).

Os trens Maglev funcionam através de um sistema de levitação magnética que usa motores lineares instalados perto dos trilhos.

O campo magnético permite que o trem se eleve até 10 centímetros acima dos trilhos, o que elimina o contato e deixa o ar como único elemento de rolamento, favorecendo assim a velocidade.

O projeto terá um custo estimado de 9 trilhões de ienes, segundo a companhia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário